<   voltar Notícias

Associação Irmãs da Providência - Notas Explicativas - Scrosoppi 2016.

Nota 1) CONTEXTO OPERACIONAL:

CASA PADRE LUIS SCROSOPPI, C.N.P.J. 71.854.319/0006-37, Unidade Filial da ASSOCIAÇÃO IRMÃS DA PROVIDÊNCIA, é uma associação civil, de direito privado, sem fins econômicos e lucrativos, de natureza beneficente e filantrópica, de caráter educacional, cultural, de saúde e de assistência social, que tem por finalidade prestar assistência social e pastoral, promover a educação, prestar assistência à saúde, prestar serviços de assistência à infância, à adolescência, à juventude, a adultos e idosos, promover eventos sociais, culturais e religiosos, que se rege pelo seu Estatuto Social e pela legislação aplicável.

Nota 2) APRESENTAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS:

Na elaboração das demonstrações financeiras de 2016, a Entidade adotou a Lei n° 11.638/2007, Lei No. 11.941/09 que alteraram artigos da Lei No. 6.404/76 em aspectos relativos à elaboração e divulgação das demonstrações financeiras.
As demonstrações contábeis foram elaboradas em observância às práticas contábeis adotadas no Brasil, características qualitativas da informação contábil, Resolução CFC No. 1.374/11 (NBC TG ESTRUTURA CONCEITUAL), que trata da Estrutura Conceitual para a Elaboração e Divulgação de Relatório Contábil-Financeiro, Resolução CFC No. 1.185/09 (NBC TG 26 (R3)), que trata da Apresentação das Demonstrações Contábeis, Pronunciamentos, as Orientações e as Interpretações emitidas pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC), Deliberações da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e outras Normas emitidas pelo Conselho Federal de Contabilidade (CFC) e aplicáveis às Entidades sem Fins Lucrativos, e especialmente a Resolução n° 1.409/12 que aprovou a ITG 2002 (R1) - Entidade sem Finalidade de Lucros, que estabelece critérios e procedimentos específicos de avaliação, de reconhecimento das transações e variações patrimoniais, de estruturação das demonstrações contábeis e as informações mínimas a serem divulgadas em notas explicativas de entidade sem finalidade de lucros.

Nota 3) PRINCIPAIS PRÁTICAS CONTÁBEIS

a) Caixa e Equivalente de Caixa: Conforme determina a Resolução do CFC No. 1.296/10 – Demonstração dos Fluxos de Caixa que aprova a NBC TG 03 (R2) e Resolução do CFC No. 1.185/09 – Apresentação Demonstrações Contábeis, os valores contabilizados neste sub-grupo representam moeda em caixa e depósitos à vista em conta bancária, bem como os recursos que possuem as mesmas características de liquidez de caixa e de disponibilidade imediata ou até 90 (noventa) dias e que estão sujeitos a insignificante risco de mudança de valor;
b) Aplicações de Liquidez Imediata: As aplicações financeiras estão demonstradas pelos valores originais aplicados, acrescidos dos rendimentos pro-rata até a data do balanço;
c) Redução ao Valor Recuperável de Ativos: Não houve no presente exercício desvalorizações significativas, que justifiquem ajustes conforme determina a Resolução CFC nº 1.292/10 – NBC TG 01 (R3) – Redução ao Valor Recuperável de Ativos;
d) Ajustes a Valor Presente: Os Ativos e Passivos de longo ou de curto prazo que sofreram efeitos relevantes estão ajustados a valor presente, tomando-se por base a data de origem da transação. A Entidade apresenta as suas contas contábeis em conformidade com a Resolução 1.151/09 – NBC TG 12;
e) Depreciações: Foram calculadas pelo método linear às taxas admitidas pela legislação em vigor, levando em conta a vida útil-econômica dos bens;
f) Amortizações: Foram calculadas pelo método linear às taxas admitidas pela legislação em vigor;
g) Apuração do Resultado: O resultado foi apurado segundo o Regime de Competência. Os rendimentos e encargos incidentes sobre os Ativos e Passivos e suas realizações estão reconhecidas no resultado;
h) Prazos: Os ativos realizáveis e os passivos exigíveis até o encerramento do exercício seguinte são classificados como circulante.

Nota 4) PROVISÃO DE FÉRIAS E ENCARGOS

As Provisões de Férias e Encargos foram provisionadas com base nos direitos adquiridos pelos empregados até a data do balanço.




<   Índice de Notícias

Ajude a manter este trabalho ativo! Com sua ajuda, teremos condições de continuar ajudando milhares de crianças e suas famílias, levando até elas melhores condições de vida.

Sua contribuição é muito importante, nossas crianças precisam de você!

Além de doações, você também pode ajudar compartilhando as informações deste programa ou juntando-se ao nosso grupo!
Faça a sua doação para a Associação Irmãs da Providência
CNPJ 71.854.319/0006-37


Banco Bradesco

Conta 8336-4

Agencia 2676
Parceiros
Sierra FrutasPrefeitura de São Caetano do SulPadaria Maria EstelaIrmãs da ProvidênciaGerdauExternato Santo AntônioPernambucanasCoop
11 4221-7740 / contato@casapadreluis.com.br Rua Eldorado, 526 - Bairro Prosperidade
São Caetano do Sul, SP G
© Casa Padre Luis Scrosoppi. Todo o conteúdo deste site é de uso exclusivo da Casa Padre Luis Scrosoppi. Proibida reprodução ou utilização a qualquer título, sob as penas da lei. All rights reserved.